Dez jogadores que superaram infâncias trágicas rumo ao estrelato

Dez jogadores que superaram infâncias trágicas rumo ao estrelato

Craques tiveram duros obstáculos para seguir adiante no sonho de virar jogador de futebol

COMPARTILHAR

Ser um jogador de futebol é um sonho que alimenta as mentes de milhões de jovens em todo o planeta. Afinal de contas, quem não iria querer passar a carreira fazendo o que gosta, ganhando salários acima da média e podendo se tornar uma espécie de herói para várias outras pessoas?

Quem acompanha a vida desses profissionais hoje em dia pode vê-los andando em carros luxuosos, roupas de grife e frequentando festas e restaurantes da alta classe. Mas muitos astros do planeta bola tiveram que trilhar um caminho traumático para chegar onde estão.

Passados recheados com histórias tristes, incluindo fome, mortes, guerras, abusos e violência, fatores capazes de moldar a personalidade de cada um deles e deixá-los mais “cascudos” na busca por um futuro no esporte.

A seguir, o Alambrado conta a história de dez jogadores famosos que conseguiram superar dificuldades extremas para alcançar o topo em sua profissão. Confira:

Optimized-Victor-Moses
Hoje em dia, Victor Moses atua pelo West Ham, após passagens por Chelsea e Liverpool. Mas a infância do atleta na Nigéria foi traumática. Filho de pastores cristãos, Moses ficou órfão aos 11 anos, quando seus pais foram assassinados por radicais muçulmanos que atacavam sua igreja. Por conta da tensão religiosa, Moses teve que pedir asilo para se mudar para a Inglaterra, onde iniciou sua carreira no futebol. (Foto: Divulgação/Federação Nigeriana)
« 1 de 10 »

Deixe seu comentário!

comentários

COMPARTILHAR
Jornalista, 23 anos. Amante do futebol bonito e praticante do futebol feio