Porto mira título para encerrar jejum e frustrar sonho do penta do...

Porto mira título para encerrar jejum e frustrar sonho do penta do Benfica

Porto não celebra volta olímpica desde a Supertaça de Portugal em 2013; Fim da espera está próximo

COMPARTILHAR
Porto 5x1 Vitória de Setúbal
Porto tem vantagem de dois pontos a três rodadas do fim do campeonato (Foto: Reprodução/FC Porto)

Após ter visto o Benfica assumir de maneira provisória a liderança do Campeonato Português, o Porto não se descuidou ao receber o Vitória de Setúbal, na tarde desta segunda-feira (23), no Estádio do Dragão. Com a acachapante goleada por 5×1, os homens comandados por Sérgio Conceição recuperaram os dois pontos de vantagem sobre os Encarnados a três rodadas do fim. A disputa promete bastante emoção.

Além de tentar quebrar um jejum de quatro anos – a última conquista foi a Supertaça em agosto de 2013 -, o escrete portista busca romper a longa hegemonia benfiquista que se estende desde a temporada de 2013/14. Uma campanha bem-sucedida, veja só a ironia, também impediria o rival lisboeta de repetir a façanha até hoje inédita do pentacampeonato nacional, obtido pelos Dragões entre os anos de 1995 e 1999.

Agora, ambos possuem números quase iguais, com vantagem da parte alviceleste em praticamente todos os quesitos: mais vitórias (25 a 24), mais gols feitos (78 a 77), menos derrotas (2 a 3), menos gols sofridos (17 a 19), sendo o empate o único fator em que eles se igualam, com dois para cada lado, incluindo um sem gols no primeiro confronto direto. O segundo duelo, porém, foi determinante para mudar os rumos da liga.

O Benfica de Rui Vitória era líder até a antepenúltima rodada (29ª), quando caiu por 1 a 0 diante no Porto, em pleno Estádio da Luz, devido a um golaço nos instantes finais marcado pelo mexicano Héctor Herrera, que devolveu os visitantes à ponta da tabela. Agora, a trajetória rumo ao título contará com jogos contra Portimonense (10º), fora, Feirense (17º), em casa, e Vitória de Guimarães (9º), em domínios adversários.

Por outro lado, os Encarnados terão pela frente um caminho mais complicado, já que visitam o Sporting (3º) daqui a duas rodadas. Os Leões de Jorge Jesus, a propósito, estão a três pontos dos benfiquistas e, portanto, oferecem-lhe ameaça real na briga pelo segundo lugar, que dá vaga à fase preliminar da Liga dos Campeões. Os outros adversários serão Tondela (11º) e por fim o Moreirense (13º), ambos na Luz.

Como já mencionado, o desfecho deste certame promete bastante emoção. Enquanto o Porto depende das próprias forças para encerrar um incômodo período sem taças, durante o qual teve quatro técnicos (um interino), o Benfica busca a manutenção de sua dominância em solo pátrio. Para tanto, além de torcer contra os Dragões, precisa também superar o Sporting, que pode até deixá-lo até fora da principal competição da Europa.

Deixe seu comentário!

comentários

COMPARTILHAR
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero, é apreciador do futebol latino, do teor político-social do esporte bretão e também de seu lado histórico.