Os gigantes em jejum na América do Sul

Os gigantes em jejum na América do Sul

Eles costumavam ganhar títulos, mas estão há anos na fila de suas respectivas ligas.

COMPARTILHAR

Na América do Sul, para grandes clubes, os períodos vencedores costumam aparecer em ciclos. Nem sempre é possível se manter no topo por décadas, mesmo com uma imensa torcida ou simplesmente com o peso da camisa.

Em meio a isso, surgem as entressafras. Longas épocas de seca, quando o peso do tabu passa a ser maior que o da tradição daquele uniforme. A bola bate na trave, o time é vice-campeão e a torcida vê o sofrimento longe de terminar.

Na galeria abaixo, reunimos alguns gigantes da América do Sul que estão há algum tempo sem conquistar suas respectivas ligas nacionais. Confira:

Campeonato Colombiano - América de Cali (2008)
Campeonato Colombiano - América de Cali (2008)
Um dos mais democráticos torneios da América do Sul, com diversos times tidos como grandes, o Campeonato Colombiano conta com um dos menores tabus entre as ligas sul-americanas, muito por conta de sua fórmula baseada em Apertura e Finalización. A bola da vez é o América de Cali, terceiro maior campeão nacional, que está na fila desde 2008.

Se o tabu não é dos maiores, a chance de quebrá-lo está muito distante. A equipe passa pela pior crise de sua história. Foi rebaixada pela primeira vez em 2011, e, desde então, não conseguiu retornar à elite. Em 2016, o América disputará a segunda divisão pelo quinto ano consecutivo.

(Foto: Reprodução)
« 1 de 6 »

Deixe seu comentário!

comentários